quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Amazônia Comicon

Exposição de José Lanzellotti  no Amazônia Comicon 2012.

Para este ano já temos confirmado a presença da exposição de José Lanzellotti  , O Artista ficou conhecido como um dos mais completos ilustradores do nosso país e muitos lembram do seu trabalho, através do volume “Brasil, Histórias, Costumes e lendas”, editado em forma de fascículos, pela Editora Três, a partir da década de 70. 
 Lanzellotti também pesquisou os costumes, as tradições, em várias regiões brasileiras e até viveu entre os índios, a fim de colher na essência, todo o conhecimento da sociedade aborígine. Assim, foi a sua doação, fragilizando seu físico, e a mercê de enfermidades e perigos, que Lanzellotti, nos deixou uma das mais completas pesquisas ilustrativas sobre a cultura do nosso país.
O Artista, que também foi Professor, produziu nos mais variados gêneros: no infantil, onde ilustrou Contos, passando pelo Terror, como também Livros didáticos. Quadrinizou romances e personagens da nossa história. Na linha de seu trabalho, criou o Cangaceiro Raimundo, que até hoje é lembrado. E para a surpresa de muitos, foi um excelente Escultor. 
Lanzellotti era desenhista, ilustrador, pintor, escultor, cenógrafo, figurinista de teatro e colaborador nas companhias cinematográficas e televisão. Seu nome consta nos melhores dicionários de artistas plásticos, assim como: Dicionário do Mec em 4 volumes, dicionário de Roberto Pontual, dicionário de P.M. Bardi, Mestres da Ilustração de Jayme Cortez. Foi cognominado de "O Debret Nacional do século 20", pelo escritor  Afonso Schimidt em matéria na revista Manchete em 1971.
Foi pioneiro da história em Quadrinhos em nosso país tendo criado o personagem Raimundo o cangaceiro. Sua realização esta na obra do livro "Brasil, histórias, costumes e lendas" o qual ilustrou  utilizando suas pesquisas etnológicas e folclóricas. Editado em 1970 pela editora Três.
José Lanzellotti nasceu em 21 de julho de 1926 em São Paulo, filho de Bartholomeu Lanzellotti e Filomena Del Ré. a Jussara diz: “Meu amado pai. Um homem que já nasceu com um dom, autodidata, e batalhador desde sua infância. De Ilustrador, a Escultor, de pesquisador a desenhista de adereços cinematográficos. Seus primeiros trabalhos brotaram ainda criança e eram feitos à base de palito de dente, desfiado no lugar de um pincel, e pasmem: escondidos, por temer a concepção do seu pai, que achava a arte um oficio banal. Contudo, os empecilhos naturais não o impediram que mais tarde, ele viesse a ser, um dos mitos da arte brasileira…” Jussara Lanzellotti.

José Lanzellotti terá sua obra exposta em Belém em Agosto na galeria Teodoro Braga  assim será uma oportunidade de ter uma prévia  do trabalho  que será exposto em Belém  , o projeto tem a curadoria de Jussara Lanzellotti (São Paulo ) filha do artista e de Alex Barros (quadrinhista paraense ).


Originalmente em:

Participação de José Lanzellotti na Amazônia Comicon


sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012