domingo, 15 de agosto de 2010

Questão de Coerência


Lanzellotti fala em amor ao Brasil, para explicar seu interesse pelas manifestações de nossa cultura.
- Não é esse patriotísmo que faz ficar arrepiado diante da bandeira brasileira, mas apenas uma questão de coerência. Dos nossos 400 anos de formação, da contribuição dos indios, dos negros dos portugueses, resultaram características que são só nossas. A propria situação geográfica e climática impõe um tipo de cor e de luminosidade que não é comparável à de outros países.
Para ele, todos os artistas deviam levar em conta esses fatos, a fim de serem autênticos. "Já temos uma literatura brasileira, e música também. Só nas artes plásticas é que isso ficou a desejar. Então, quis dar minha contribuição".
Matéria do Jornal "Ultima Hora" caderno dois - SP. 13 de dezembo de 1.974 - Pag. 09

Nenhum comentário: